É Agora... Ou Nunca - Marian Keyes

14:18:00 3 Comments A+ a-


Eu tinha uma pendência com esse livro desde 2008, quando comecei a lê-lo e acabei não tendo a oportunidade nem a disposição de acabar a leitura – tinha achado um negócio muito chato. E aí só consegui outro exemplar este ano, quando uma amiga me emprestou dizendo que tinha parado de ler porque também tinha achado a estória chata.

Em “É agora... ou nunca”, nós temos quatro personagens principais: Tara, Fintan, Katherine e Lorcan. Fora Lorcan, todos são amigos de infância, e descobrimos várias situações (cômicas, na maioria) que eles passaram quando crianças e moravam na Irlanda, antes de se mudarem para Londres, onde vivem nos dias atuais.

Tara é uma mulher linda, independente financeiramente, e que vive em busca de um batom indelével. Apesar de ter um salário bom de programadora de computador, está sempre sem dinheiro. Ela tem um ótimo amigo no trabalho, Ravi -um cara alto astral e boa pinta -, que sempre está com ela; seja na hora do almoço ou na hora de emprestar os ouvidos. Ele é simplesmente o tipo de pessoa que qualquer um pode pedir aos céus.

 Ela mora com seu namorado, Thomas, um cara chato, estúpido, arrogante e mão de vaca que quer mandar em tudo na vida de Tara e que coloca a culpa de seu comportamento no fato de sua mãe tê-lo abandonado quando criança. A única criatura pela qual ele sente algum amor é sua gata, e apesar de ser Tara quem paga a maioria das contas ele não poupa a língua quando quer acabar com ela dizendo que está gorda e que precisa fazer uma dieta; o que a faz sentir uma fome descomunal , afetando ainda mais seu peso e autoestima. Mas não o larga por dizer que já está velha para arranjar outro namorado e não suportaria ficar sozinha, mesmo tendo apenas trinta anos.

Katherine é o tipo de pessoa que faz tudo na hora certa, do jeito certo. É organizada e seu apartamento é tão limpo que parece ser esterilizado. É  uma contadora competente e só arranja namorados lindos de morrer, apesar de seus relacionamentos não durarem muito. Sua conduta é tão séria que no trabalho é conhecida como Miss Gelo, afastando todos os engraçadinhos que querem chegar nela, inclusive o cara novo, lindo e competente do Joe, que está fazendo sucesso na empresa de publicidade onde trabalham pelos ótimos projetos. (Joe, te quiero!) Mas  o que nem mesmo seus amigos sabem é que ela tem um segredo, um motivo para viver do jeito que vive.

Fintan, o amigo gay, trabalha no mundo da moda, e faz seu trabalho muito bem. Ele mora com Sandro, seu namorado italiano, e ambos parecem viver um conto de fadas.

Lorcan é um ator frustrado e arrogante, cujo sucesso ele só alcançou na Irlanda - e ainda assim o largou para o procurar em outros lugares. É lindo de morrer e só ama a si mesmo. Vive fazendo a namorada, Amy, sofrer e vive passando o rodo e destruindo corações por onde vai. Ele não faz parte do círculo social de Tara, Fintan e Katherine, mas descobrimos seu papel no final.

A vida de todos muda quando Fintan descobre que está com câncer, com linfoma. Em seu leito ele pede que suas amigas façam para ele uma coisa, que realizem um desejo: que Katherine se desculpe com Joe e que saia com ele. Que ela pare de se isolar e que comece a aproveitar a vida; que Tara largue o encosto que é o seu namorado e que vá ser feliz. Que ambas parem de desperdiçar a vida, porque podem morrer a qualquer hora.

E aí nos deparamos com três situações realmente difíceis: será que Katherine vai conseguir se libertar da rotina e vai se abrir para os sentimentos que ela não pode controlar? Será que Tara vai conseguir mudar a vida dela e mandar o namorado pro inferno, mesmo achando que pode ser tarde demais para ela conseguir outra pessoa para sua vida? E será que Fintan vai conseguir sobreviver ao câncer?

A primeira vez que tive contato com É Agora... Ou Nunca eu estava vivendo uma situação realmente complicada na minha família. Enquanto eu lia, revivia tudo e lembrava cada sentimento que tive na época. Apesar de me lembrar de coisas ruins, o livro me lembrou também de varias lições que tirei daquilo tudo que havia esquecido, e a mais importante foi: Não desperdice sua vida. Amanhã pode ser tarde demais.

Fiquei muito feliz por ter dado uma segunda chance a leitura, e com certeza esse aqui está na lista dos preferidos. É must read!

Estudante de Engenharia de Alimentos na UFRPE, leitora nas horas vagas, viciada em coisas boas, sonha demais.

3 comentários

Write comentários
A. Déborah
AUTHOR
22 de agosto de 2011 23:24 delete

Esse foi o único livro da Marian Keyes que eu li até agora e apesar de não ter achado ele um must read, eu gostei bastante da leitura. =)

Reply
avatar
Caline
AUTHOR
30 de agosto de 2011 19:25 delete

Ate agora so tive chance de ler um livro da Marian e adorei. Preciso ler outros livros dela, esse por exemplo.

Bjs.
Caline

Reply
avatar
Fernanda
AUTHOR
1 de setembro de 2011 21:12 delete

Cade o negocinho de 'curtir' do facebook? auhuhaauh
<= a foto mais velha do mundo. :]

Reply
avatar

Olá.
Obrigada pela visita! Sinta-se a vontade para comentar, e não tenha vergonha de escrever alguma dúvida ou sugestão. Sua opinião é importante para mim!