A Mediadora - Meg Cabot

15:17:00 2 Comments A+ a-

Tenho certeza de que todos já ouviram falar da série A Mediadora - para mim, a melhor série da Meg Cabot! Como faz tempo que li, mas comprei há pouco tempo os livros - capas antigas, minhas preferidas -, fiquei com vontade de falar um pouco dela aqui.


Mas capa capa antiga ou nova, a Suzannah:
  1. Ainda tem os irmãos e o padastro;
  2. Ainda se muda de NYC para Carmel, Califórnia;
  3. Ainda divide um quarto com um fantasma;
  4. Ainda tem que ajudar os fantasmas partirem pro outro lado, seja lá o que tenha no outro lado.
  5. Ainda conversa com o fantasma de seu pai.
Quando chega a Carmel por livre e expontânea pressão, ela descobre que não é a única a ser mediadora. O diretor, e padre, de sua escola é um também. Motivo pelo qual não havia tanto trabalho para Suze com os índios da área. Mas só porque não havia tanto trabalho, não significa que não havia trabalho algum para ser feito.  Ela havia se mudado no meio de um ano letivo, e assim que bota os pés na escola ela descobre.

E isso não é nada, porque é só ela chegar em casa pra dar de cara com um fantasma moreno, alto, com uma cicatriz sexy que faz uma falhinha em sua sobrancelha preta, que combina com seu cabelo curtinho preto e que tinha um corpo de tirar o fôlego. Fantasma esse que quer se meter nos assuntos de trabalho dela e que mora no quarto dela.



E seu pai sempre vai fazer umas visitinhas, pra melhorar a coisa. Ela não sabia o motivo pelo qual ele continuava por lá, ele fugia sempre que tocavam no assunto. E ele ainda amava muito sua mulher, e não gostava muito de Suze dividir o quarto com um homem, apesar de ela não ter muita escolha. A cada novo livro Suzannah se envolve em uma confusão diferente, com pessoas diferentes e perigos diferentes.


A Meg inventou de tudo com essa série. Inclusive, os garotos com quem a Suze se envolvia sempre estavam metidos com os fantasmas que estavam causando problema. Direta, ou indiretamente. Isso é que é sorte, uh, Suze? Mas o mais legal é que a Suze, com o passar dos livros, fica próxima de Jesse. E ele sempre a chama de hermosa, fazendo o público feminino sonhar em ser assombrado por ele.

O final da série é de chorar. Todos os mistérios que envolvem Jesse e o pai de Suze são esclarecidos. Quais são eles, só lendo para descobrir. Essa foi a série que li mais rápido, creio eu. Muito, muito boa. Sempre que me perguntam dos livros da Meg eu recomendo esses, não conheço uma só pessoa que não ame!

P.S.: E não esqueçam de participar da promoção do Kit Querido John que eu vou enviar pro sortudo ou sortuda! http://migre.me/D

Estudante de Engenharia de Alimentos na UFRPE, leitora nas horas vagas, viciada em coisas boas, sonha demais.

2 comentários

Write comentários
16 de maio de 2010 22:22 delete

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH!! *-------*
Eu simplismente sou FÃ dessa série!
Li o primeiro uma vez e na segunda me decidi: TENHO QUE LER os outros!
Li, por PC, 4 em pouco tempo...
Na hora de ler o 6º: cadê a coragem? #fail
E agora que tô louca pra ler: cadê o tempo?
Vou ler por PC também (pobre.com), mas vale a pena!
E o Jesse... "ain, ain" mesmo! *-*
sauasuashu
(L)

Reply
avatar
Nayá's. xD
AUTHOR
17 de maio de 2010 00:49 delete

Eu só comprei um ano depois de ler, então...

Reply
avatar

Olá.
Obrigada pela visita! Sinta-se a vontade para comentar, e não tenha vergonha de escrever alguma dúvida ou sugestão. Sua opinião é importante para mim!