O Guardião - Daniel Polansky

19:10:00 3 Comments A+ a-

Quando a Geração Editorial lançou O Guardião, primeiro volume da série Cidade das Sombras, eu me vi igualmente curiosa e receosa em lê-lo. Esse é o primeiro livro do gênero fantasia gótica noir. É um livro que se passa em um mundo sombrio, uma distopia mesclada com o mundo do crime.

A estória se passa na Cidade Baixa, também conhecida como Cidade das Sombras, localizada nos becos abandonados de Rigus; a mais esplendorosa das Treze Terras. Na Cidade Baixa tudo é sombrio, o lugar é imundo e a ordem é estabelecida pelo crime organizado. Quem comanda o crime nesse lugar é uma pessoa conhecida como O Guardião que, além de vender e ser viciado em drogas, já fez parte do exército e é cheio de marcas da guerra.

O mundo é um lugar feio e deveríamos ser gratos por qualquer coisa que limite nossa compreensão. É melhor fugir pela superfície do que mergulhar nas águas poluídas. p. 204

O Guardião conhece a todos e tem muita influência. Ao encontrar o corpo de uma criança, decide ir atrás do culpado e fazer justiça, já que a polícia não faria muito. Mas as coisas saem do controle, e ele acaba entrando em uma missão perigosa para salvar a vida dos habitantes da Cidade Baixa e a dele próprio.

Falar sobre esse livro está sendo bem difícil para mim. Aceitei receber um exemplar porque fiquei realmente curiosa ao ler a sinopse, mas esse não é o estilo de livros que costumo ler - como se pode perceber. Esse é um livro que se passa em um ambiente sombrio e sujo. A maioria dos personagens apresentados na estória passou, e alguns ainda passam, por tempos realmente difíceis e o autor consegue mostrar isso muito bem em suas descrições e diálogos.

No começo fiquei um pouco surpresa com a narração. A estória é contada pelo próprio Guardião, e ele não economiza nos palavrões, palavras chulas e no sarcasmo; nem ele nem os outros personagens. Esse linguajar se encaixou perfeitamente bem na estória - um ponto positivo foi justamente a falta de censura na tradução, que foi muito bem feita.

Quando eu achar o filho da puta que fez aquilo com a menina, farei com que o que aconteceu com Lábio Leporino se pareça com a carícia de um novo amor. Por tudo o que é sagrado, ele terá uma morte lenta. p.75

Também podemos notar a criação de dois mundos distintos: o de recursos escassos do personagem principal e o dos nobres que vivem esbanjando dinheiro a torto e à direita. O Guardião é um livro repleto de mistério, suspense e ação que mantêm o leitor preso no enredo e o faz sempre ansiar por mais. Nesta estória, as coisas simplesmente não são o que parecem ser. Achei genial. 


A única coisa que me irritou no livro foram os vários erros que encontrei durante a escrita. A tradução está muito, muito boa, mas a revisão não. Ainda assim, achei o livro fantástico e está mais que recomendado!



Estudante de Engenharia de Alimentos na UFRPE, leitora nas horas vagas, viciada em coisas boas, sonha demais.

3 comentários

Write comentários
Gi Lizarda
AUTHOR
3 de julho de 2012 11:20 delete

Oi, Nayá!
Parabéns!!! Vc conseguiu me deixar BASTANTE curiosa. Vou procurar esse livro para ler. Não sei se já li algo semelhante e tb não sei se vou gostar, mas às vezes é bom se lançar em águas desconhecidas. ^^


Beijinhos.

Reply
avatar
WilLDuarte
AUTHOR
3 de julho de 2012 12:31 delete

Ei Nayá!
Desde que você me falou do livro fiquei bastante curioso para ler e agora estou ainda mais. Realmente, ele não é muito seu estilo, mas acho que é o meu. Vou acabar pegando emprestado com você depois! *-*
Beijão! :*

Reply
avatar
caline
AUTHOR
4 de julho de 2012 21:21 delete

Fantasia gótica noir?? Nunca ouvi falar em nada do tipo, mas fiquei bem curiosa MESMO! A história parece ser bem diferente e muito boa. Só não sei se curtiria esse ambiente meio sombrio, não gostei muito de Fallen por isso e por outras razões também, mas enfim essa foi uma das principais razões. Mas o clima sombrio me incomodou um pouco e me deixou pra baixo, talvez o problema tenha sido com a história mesmo e não com o ambiente onde a história foi narrada.
De qualquer forma fiquei bem interessada nele.

Beijos
Caline - Mundo de Papel

Reply
avatar

Olá.
Obrigada pela visita! Sinta-se a vontade para comentar, e não tenha vergonha de escrever alguma dúvida ou sugestão. Sua opinião é importante para mim!