Domínio Sombrio - Val McDermid

19:39:00 4 Comments A+ a-

  • Um mineiro desaparecido há mais de vinte anos;
  • Um sequestro que terminou em tragédia mais ou menos na mesma época;
  • Os dois casos estão sendo investigados;
  • Uma inspetora, apenas, está encarregada dos dois.

Em Domínio Sombrio, Val McDermid conseguiu criar um quebra-cabeças que me surpreendeu. Tudo começa com a filha de um mineiro desaparecido durante uma greve muito sofrida, há mais de vinte anos. Ela pede ajuda à polícia para ajudar a encontrá-lo, pra que assim ela possa salvar seu filho, que sofre de leucemia, a fazer um transplante de medula.

Mas as provas mostram Mick Prentice não fugiu da greve, realmente, como todos achavam que ele teria feito. As provas indicam outras coisas, e a inpetora Pirie realmente quer descobrir o que aconteceu.

Por ser a melhor daquele distrito nos casos arquivados, ela teve a 'sorte' de ser a escolhida para outra investigação: foram encontradas provas sobre o sequestro da herdeira do homem mais poderoso da escócia - Cat - que, na hora do resgate, morreu.

O que aconteceu em cada caso? Não ajuda o fato do pai de Cat, Brodie Grant, querer resolver tudo por si só e ter sua 'investigadora particular', a jornalista que descobriu as provas do sequestro, e guardar informações da polícia.

Mas no final, os casos têm algo a ver um com o outro? A inspetora Pirie vai conseguir descobrir o que aconteceu em cada caso?

O livro é realmente muito bom. Mas confesso que eu não teria lido o livro se não o tivesse ganhado numa promoção do twitter da Editora Bertrand. Se você quer um livro que te deixe tenso e curioso e queira saber o que acontece cada vez mais e mais, esse livro é uma boa pedida.

Até a próxima.

Estudante de Engenharia de Alimentos na UFRPE, leitora nas horas vagas, viciada em coisas boas, sonha demais.

4 comentários

Write comentários
10 de novembro de 2010 23:41 delete

Suspense?? investigação?
EU QUEROOOOOOOOOOOOOOOO!!
Mãe, me dá?
Como boa fã de CSI, Arquivo morto - e genéricos - já gostei da história!
*-*
Ainda dou o cata nos teus livros - quando me libertar da faculdade :P
Amo tu, mainha! (L)
:*

Reply
avatar
14 de novembro de 2010 10:44 delete

Oi Naya, amei seu blog é muito lindo *-*
Vi que você é de Garanhuns. Eu ja fui ai, grande parte da minha familia mora por ai, rs. É onde tem o relogio de flores e tudo mais né. Moro em São Paulo, mas qndo fui ai me apaixonei.
Sobre o livro, tenho certo medinho de historias assim, mas quem sabe eu de uma chance ne (:

Andresa
www.inbookshelf.blogspot.com

Reply
avatar
Nayá
AUTHOR
15 de novembro de 2010 01:40 delete

Oi, Andresa!
Que bom que gostou, eu realmente fico muito contente!
Quando você veio? E em que época? rs Sim, tem o relógio, sim. *-*
Quem sabe eu não conheça alguém de sua família? Essa cidade parece ser tão pequena de vez enquando... >.<

O livro é estilo Arquivo Morto. Bem bacana. =)
Beijos!

Reply
avatar
15 de novembro de 2010 10:56 delete

Eu fui já faz dois anos. Eu mostrei seu sobrenome para minha mae ela disse que não é estranho, sou da familia Rodrigues, Vidal... Minha tia mora na rua frei caneca (:
Se eu for ai de novo eu te aviso, qem sabe a gente nao possa se encontrar ne, seria legal.
Beijos.

Reply
avatar

Olá.
Obrigada pela visita! Sinta-se a vontade para comentar, e não tenha vergonha de escrever alguma dúvida ou sugestão. Sua opinião é importante para mim!